Praticando Ginástica

Análise de “stabilometrico-postural e motor” de um grupo de idosos praticando a Ginástica, que são parte do Projeto de Saúde no Ginásio.

https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/esportes/noticias/?p=260968

Educação física e atividades – Saúde e Movimento

A atividade motora foi destacada, com inúmeras investigação científica, o seu significado (longitudynal estudo ACSM) com relação aos efeitos positivos ligados ao aumento das capacidades motoras, a velocidade , o equilíbrio, a perda de peso (redução de peso) e também para a manutenção/melhoria da flexibilidade de carga do aparelho locomotor.

Outros estudos demonstram que o exercício é um “naturais de drogas”, não só para a prevenção de doenças do sistema cardiovascular, mas também do músculo-esquelética e dysmorphology/paramorfismi da coluna vertebral.

Outro aspecto está relacionado com os custos sociais são significativas, como para quedas em idosos , os quais resultam, na maioria dos casos (51%) invalidez permanente; neste contexto, também, a atividade motora mostra seus efeitos positivos, impedindo a ipocinesi.

Queríamos então, o monitor de um curso de exercícios Suaves, por um período de 90 dias, mantendo as mesmas condições ambientais, a logística e o tempo da análise a ser realizada.

Os objectivos estão relacionados com a verificação de melhorias nas habilidades motoras e o equilíbrio estático e dinâmico. Com relação ao componente relacionado à perda de peso, não esperar resultados significativos, uma vez que existe um programa específico de treinamento aeróbico.

Métodos:

Foi estudado um grupo (n= 10) os presbíteros, escolhido de tal forma em uma linha, (média de idade = 65 ; DP= 8,5), que participaram do curso de exercício físico (terça-feira e sexta-feira) no ginásio da estrutura escolar “Raio de Sol”, na localidade de Mandriola, no Município de Albignasego de duas horas por semana no total.

Como metodologia de trabalho teve em conta os antropomórficos (no início e no final do curso) dos participantes: idade, peso , altura, composição corporal e “Índice de massa corporal” IMC, relação da circunferência da cintura e do lado, a habilidade motora (força, resistência de força, velocidade, equilíbrio e flexibilidade) e o componente de controle postural durante a manutenção da posição ereta, através do uso da ferramenta de análise “Stabilometry” com os olhos fechados e abertos, em apoio de ambos os pés no chão duro e instável com o “tapete propiocettivo”, a fim de analisar a ativação do componente: 1= neurológica, 2 = propiocettiva, 3 = muscular, para uma duração de 25 segundos, de acordo com o protocolo da Escola francesa de Posturology Clínica (Gagey,Weber,Bonier,et al).

Com a análise do equilíbrio, o peso em kg

Com relação ao teste de motores utilizados Senior Fitness Test (Rikli e Jones, 1999), para a exclusão do teste de resistência aeróbica, por problemas logísticos.
flexibilidade: a partir de uma posição sentada para ir tocar com a ponta do pé com os dedos da mão.

Resistente à força: executar o número máximo de curvas nas pernas , começando a partir de uma posição sentada.

Resistente à força: executar o número máximo de flexões e extensões do antebraço sobre o braço, com um peso (halteres de 2 Kg em um tempo de 30 Segundos
equilíbrio dinâmico: a partir de uma posição sentada em uma cadeira, ficar de pé e caminhar três metros, virar-se e voltar para uma posição sentada, em uma cadeira no menor tempo possível.

Flexibilidade: tocar os dedos das mãos, em posição anatômica acima do escapulário (você medir a distância entre o dedo do meio para a direita vs esquerda).

X-treme 21 den haag: https://www.jornaldeipanema.com.br/xtreme-21-hiit-workout-summer-abs-sergio-bertoluci/ 
xtreme workout gym jacareí - spxtreme 21 dominik